sobre

Olá Niterói! Sou o vereador Leonardo Giordano e quero seguir lutando pelos direitos da população de Niterói. Você talvez não me conheça, mas certamente alguma lei ou projeto de minha autoria já teve impacto positivo na sua vida, gerando benefícios para a cidade.

Consegui aprovar 61 leis que mudam de verdade a vida das pessoas, como a que isenta desempregados de pagar taxa de inscrição em concursos públicos, ampliando oportunidades. Dentre outras conquistas que obtive estão a entrada gratuita aos niteroienses nos museus e centros culturais da cidade e a construção das pistas de skate de São Francisco e do Horto do Fonseca, que deram novo significado a locais que estavam mal aproveitados. Também fui eu que propus e presidi a CPI da Enel (ex-Ampla), que no final obrigou a empresa a melhorar os serviços e assumir responsabilidades previstas em lei.

Todos os avanços que conquistei no sentido de uma cidade de fato justa e melhor pra se viver só têm sido possíveis porque conto com mulheres e homens que também acreditam na política como forma de transformar e melhorar o mundo. Costumo dizer que “somos todas e todos vereadores” e é através dessas pessoas que se compreendem capazes de mudar o que não está bom, que eu consigo acessar causas sociais e tomar conhecimento a respeito de reivindicações que sozinho eu não seria capaz.

Os “skateparks” por exemplo só viraram realidade porque os praticantes da modalidade lutaram comigo, lado a lado, insistindo na importância das obras não só para a prática do esporte, mas para lazer e entretenimento de famílias inteiras. De forma semelhante, consegui aprovar leis sensíveis ao universo feminino, como a que protege e incentiva o aleitamento materno, a que assegura tratamento mais humanizado, nos hospitais, às mães que perderam seus bebês e a que garante à gestante o acompanhamento de “doulas” nas maternidades. Provavelmente nenhum desses temas teria virado luta minha, nem tampouco Lei de minha autoria, sem a parceria e o comprometimento de mulheres que se organizam para transformar suas próprias realidades e a de toda sociedade.

Vitórias como essas me motivam a fazer um mandato cada vez mais aberto, diverso, coletivo e participativo. Se atualmente sou considerado o vereador mais atuante de Niterói e “viciado em participação popular”, como já me chamou a imprensa local, é porque o “somos todas e todas vereadores” é prática permanente na minha trajetória. Vamos seguir assim!

Batalhei muito pela oportunidade de ser vereador. Sou de família humilde e sem parentes na política. Tenho muito orgulho em dizer que fui criado por uma grande mulher, a minha avó Noêmia, em um apartamento no centro da cidade, bairro onde moro até hoje. Meu contato com a política começou na escola pública, no Liceu Nilo Peçanha, onde me tornei presidente do grêmio estudantil lutando pelo passe livre e por uma educação de qualidade.

Foi nos ônibus onde fiz minha primeira campanha. Investi tudo o que tinha comprando passagens, aqueles tickets em papel que não se usa mais. Subindo e descendo dos coletivos e percorrendo a cidade, fui conhecendo os problemas de cada bairro e entendi que as pessoas querem estar próximas daqueles que são seus representantes, querem falar e serem ouvidas. Essa noção sempre foi um guia pra mim e sempre será.

Um vereador é, antes de tudo, um servidor público que precisa servir ao povo, estar disponível ao diálogo e atento às necessidades da população. Sabendo disso, mantenho nosso gabinete de portas abertas o ano inteiro, mesmo nos recessos. É difícil alguém tentar falar comigo e não conseguir. Isto só é possível graças à dedicação de lutadoras e lutadores que me ajudam a atender a população, fiscalizar os problemas da cidade e elaborar soluções criativas.

Também me tornei o vereador que mais fez audiências públicas, ferramenta do Legislativo que possibilita a escuta ativa das pessoas e dos movimentos sociais a respeito de questões do seu dia a dia. Costumo realizar esses encontros dentro da Câmara Municipal, mas também em praças e outros locais públicos, facilitando o acesso do povo.

Gosto também do contato direto nas ruas, falando olho no olho com as pessoas. Há muitos anos mantenho a prática de subir num caixote em locais de grande circulação para divulgar iniciativas e tratar dos problemas cotidianos da cidade. Está sempre comigo gente que acredita e confia no meu trabalho e na minha trajetória. Também presto contas do mandato através de “banquinhas” que são montadas o ano todo, mobilizando centenas de pessoas pelas várias regiões da cidade.

A pandemia do novo coronavírus é o maior desafio da minha vida pública, e estou desde o início na linha de frente desta batalha junto à população de Niterói. Foi minha a ideia de ampliar a Renda Básica Emergencial, garantindo auxílio mensal para famílias de baixa renda com alunos matriculados na rede municipal de ensino, trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais, empreendedores solidários, artesãos, taxistas, vendedores ambulantes, pescadores artesanais e agricultores. São as muitas mãos que me ajudam a construir o mandato, gente que dialoga comigo no dia a dia.

Acredito que é possível fazer política de forma honesta, transparente, justa e coletiva. Ofereço meu trabalho e minha trajetória como exemplo de que isso é possível. E é dessa forma que quero continuar fazendo pela nossa cidade. Conto contigo pra seguirmos juntos nessa caminhada. Somos todas e todos vereadores!

Aquele abraço (real ou virtual) do Leonardo Giordano.

Leonardo Giordano é parte de um grupo maior de ativistas sociais, que sempre esteve nas ruas de Niterói em defesa das pessoas, de serviços públicos de qualidade, da transparência e da transformação da sociedade.

Durante os 4 anos na Câmara, atua como presidente da Comissão de Cultura, Comunicação e Patrimônio Histórico, vice-presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia e Formação Profissional e membro da Comissão de Direitos do Idoso, da Mulher e da Pessoa com Deficiência. Tem 50 leis aprovadas e em pleno vigor no município, de temas variados e que atendem demandas de diversos setores. Foi eleito para escutar a cidade e atuar sempre na defesa dos direitos da nossa comunidade.

Recordista em Leis
Somos recordistas em projetos e leis úteis entre os vereadores atuais, com quase 200 Projetos de Lei apresentados e 50 leis aprovadas e em vigor.

Mandato de Rua
Ouvir o eleitor é obrigação de todo vereador. Estamos nas ruas de forma permanente, prestando contas e dialogando com cidadãs e cidadãos.

CPI dos Transportes
Assinamos a CPI dos Transportes, que investigou a má qualidade dos serviços e o alto valor das passagens. Seguimos lutando por um sistema público, eficaz, de qualidade e que respeite o cidadão.

CPI da Ampla
Propusemos e presidimos a CPI para investigar os péssimos serviços prestados pela concessionária em Niterói.

Emprego e Renda
Está aprovada a nossa lei que isenta desempregados da taxa de inscrição em concursos públicos do município.

Fim das férias dos vereadores
Propomos o fim do recesso parlamentar no meio do ano, igualando as férias dos vereadores às de todo trabalhador.

Museus e Centros Culturais Gratuitos
Indicação Legislativa do nosso mandato,já está em pleno vigor a entrada gratuita dos niteroienses aos museus e centros culturais da cidade.

Descentralização do investimento
Garantimos por lei que todas as regiões de Niterói recebam investimentos culturais por igual. Lutamos pela criação de centros culturais na Zona Norte e na Região Oceânica. Os skateparks de São Francisco e do Horto do Fonseca são resultado do nosso diálogo com os skatistas e a Prefeitura, desde o início do atual governo. As pistas são áreas de lazer que promovem o esporte e incentivam novos talentos.

Memória, Verdade e Justiça
Criamos a Comissão da Verdade em Niterói para apurar os crimes cometidos durante a ditadura militar em nossa cidade.

Qual a função do vereador?

Agente político que faz parte do poder legislativo, o vereador é escolhido por meio de eleições diretas e serve para defender as demandas sociais e os interesses da coletividade. Junto com seus assessores, deve elaborar projetos de leis que são submetidos a voto na Câmara Municipal. O parlamentar é responsável pela elaboração, discussão e votação de leis para a cidade, propondo melhorias, obras e serviços para o bem-estar da vida de todos. É responsável, ainda, pela fiscalização de ações tomadas pelo poder executivo; isto é, o prefeito – acompanhando sua administração no tocante ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão do dinheiro público.